Itabaiana leva susto, mas vence a primeira na Série D. Tremendão fez 2×1 no Atlético-PE

Denuncia Itabaiana X Confiança
6 de junho de 2017
Sergipe decepciona e continua sem vencer na Série D
6 de junho de 2017

Itabaiana leva susto, mas vence a primeira na Série D. Tremendão fez 2×1 no Atlético-PE

Demorou mas saiu a primeira vitória do Itabaiana na Série D. Jogando em casa, com o apoio da torcida, o Itabaiana sofreu para fazer 2×1 n o Atlético-PE e marcar os três primeiros pontos na competição. Não está fácil, mas a vitória abre a perspectiva do time serrano ainda brigar pela classificação. Primeiro tem que superar o impasse da provável perde de pontos no STJD. Alex Murici e Thomas Anderson fizeram os gols da vitória do Tremendão, que foi ameaçada, especialmente no primeiro tempo, quando o time pernambucano chegou a empatar a partida com Cesinha e esteve até melhor em campo.

A primeira vitória do time sergipano não o tira da lanterna do grupo A8, pelo fato de ter saldo de gols inferior ao próprio Atlético-PE (-3 contra -2). Ambos têm três pontos e estão a 1 do Campinense e a 2 do Flu de Feira, que lidera o grupo.

Domínio, displicência e retomada – O primeiro tempo foi pautado pelo equilíbrio em Sergipe. O time da casa começou melhor. Tomou as iniciativas e conseguiu abriu o placar cedo, aos 13 minutos. Alex Muricy, meio sem querer, foi quem abriu o placar. Ele tentou lançar mas deu sorte e mandou no canto direito de Juca.

Ao que passaram os minutos, o Tremendão foi perdendo a pegada, e Atlético-PE passou a crescer na partida. Depois de ser pressionado, saiu para o jogo e empatou a partida com Cesinha. Em bela jogada individual, o atacante entrou na área, não foi parado por Alex Muricy e chutou cruzado para deixar tudo igual aos 31 minutos.

Três minutos depois, porém, o Tremendão teve a chance de voltar a ficar à frente no placar quando a bola bateu na mão de Silva dentro da área e o árbitro assinalou a penalidade. Na cobrança, Paulinho Macaíba acertou a trave para a frustração da torcida sergipana. Pela postura displicente do Itabaiana, perdendo muitos gols o castigo do empate foi, de certa forma, justo.

Na etapa final, o Itabaiana, chacoalhado pelo técnico Betinho, deixou a displicência de lado e voltou a jogar bola, tanto que se colocou à frente do placar cedo. Aos seis minutos, quando Thomas Anderson desviou cruzamento para o fundo do gol. A pegada, diferente do primeiro tempo, não diminuiu e o Ita poderia ter ampliado e até vencido por goleada. Não o fez, mas segurou o resultado com inteligência e, enfim, conquistou a primeira vitória na Série D.
Na próxima rodada, a 4ª no geral e 1ª no returno, Atlético-PE e Itabaiana voltam a se enfrentar, mas dessa vez no estádio Nildo Pereira, casa do time pernambucano. O duelo está marcado para o próximo domingo, às 16h00.
Sergipe decepciona e continua sem vencer na Série D
Sem vencer na terceira rodada do Brasileiro da Série D, o Sergipe repete a pífia campanha de 2016, quando foi eliminado precocemente sem vencer. Este ano o time já está eliminado e luta bravamente pela primeira vitória. Neste domingo, o Sergipe perdeu para o Murici por 3×0, no estádio José Gomes.
O time sergipano até que fez um primeiro tempo equilibrado. Mas com a expulsão de Vicente, o Sergipe se perde e é dominado pelo adversário e leva a goleada de 3×0. Os gols da partida foram marcados por Danilo e Etinho (2). O Murici ainda desperdiçou uma penalidade máxima, mal cobrada por Etinho, que viria depois a ser o artilheiro da partida com dois gols.
A partida marcou a reestreia de Ribeiro Neto no comando do Sergipe. Mas o treinador que tem história no time rubro não conseguiu ainda superar os problemas da equipe fora de campo, que evidentemente refletem no rendimento da equipe dentro de campo. O Sergipe acumula três derrotas em três partidas. São 11 jogos seguidos, sem vencer na Série D somando as três últimas participações.